Moradores do Metalúrgicos fazem manifestação contra a alta da criminalidade no bairro

Março 29
17:11 2015

Há muito tempo a comunidade do Conjunto dos Metalúrgicos – extremo Sul de Osasco – vem reclamando da alta de ocorrências policiais no bairro com roubos e furtos, tanto nas ruas como em residências. O posto policial da PM instalado lá há mais de 15 anos foi surpreendido na manhã deste domingo com uma manifestação com pelo menos cem pessoas revoltadas com a impunidade que tomou conta do bairro, fundado em 1982.

Coube ao comandante da 1ª Cia, Capitão PM Leonardo Akira Takahashi, atender os revoltados e tentar explicar os motivos reclamados pelos presentes tais como: ausência de patrulhamento, falta do pronto atendimento quando de uma ocorrência de furto ou roubo e o mais inexplicável ainda, a viatura ficar estacionada à frente do posto e não poder sair por motivos dos policiais estarem proibidos de deixar o posto, mesmo num  chamado de emergência.

A manifestação teve inicio às 11 horas e permaneceu por uma hora e meia sendo finalizada depois de uma caminhada pelas ruas do bairro. Está marcado para o próximo dia sete de abril um novo encontro, promovido pelo vereador Alex da Academia,  com a comunidade e membros do Conseg-Zona Sul, comando da PM,  delegados do 8º DP e Guarda Municipal de Osasco. A reunião está marcada para acontecer à noite no Centro Comunitário do Conjunto dos Metalúrgicos. (Nilson Martins)

PM1

Comandante da 1ª Cia da PM, tentou conter os ânimos dos revoltados moradores do bairro e

Sobre o Autor

admin

admin