DECISÃO DE ONTEM: PT de São Paulo pedirá vaga de Marta Suplicy no Senado

DECISÃO DE ONTEM: PT de São Paulo pedirá vaga de Marta Suplicy no Senado
Maio 23
12:57 2015

Em seu discurso na abertura a etapa estadual do V Congresso do PT em São Paulo, o presidente estadual da legenda, Emídio de Souza, mandou um recado à senadora Marta Suplicy, que deixou a legenda depois de fazer uma série de críticas públicas à agremiação que ajudou a fundar. Emídio disse aos delegados que acompanham o evento, na noite desta sexta-feira, 22, que Marta “atacou covardemente o partido que sempre a abrigou”. “O diretório estadual do PT vai, com apoio do (diretório) nacional e do municipal, reivindicar na semana que vem o mandato da senador a Marta Suplicy. Nossa militância que vai pra rua por quem foi eleito com nosso suor não vai aceitar que uma pessoa que trabalha contra o nosso projeto fique com o mandato.”

O diretório estadual aprovou no dia 12 deste mês a iniciativa de pedir na Justiça Eleitoral o mandato da senadora, que é pré-candidata à Prefeitura paulistana em 2016 e deve enfrentar o petista que busca reeleição, Fernando Haddad. Emídio lembrou ainda no início do seu discurso que, nos 35 anos de história do PT, muitos deixaram a legenda “achando que se tornariam em algo maior que o PT”.”O que pudemos constatar é que ninguém que deixou o projeto PT se tornou maior que o PT”, afirmou.

Ao fim de sua fala, Emídio também falou de 2016. Admitiu que o momento atual é difícil, mas afirmou que as pessoas “sabem reconhecer quem governa para valer”. Em direção aos prefeitos paulistas, que acompanharam o evento, o dirigente fez um apelo para que rejeitem o “assédio” para migrarem a outros partidos. “Quero estimular os prefeitos a rejeitarem esse assédio que alguns partidos fazem à nossa militância”, pediu Emídio. São Paulo é um dos Estados onde mais cresceu o antipetismo.

Sobre o Autor

admin

admin