QG Notícias

Cunha diz que ministro foi acionado para atuar no incidente com senadores na Venezuela

junho 18
20:45 2015

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, relatou há pouco a conversa que teve por telefone com o chanceler brasileiro, Mauro Vieira, que acabou de ser acionado pela presidente da República, Dilma Rousseff, para atuar no incidente envolvendo senadores brasileiros em Caracas, na Venezuela.

“Ele alega que o governo brasileiro autorizou o transporte da delegação em avião da Força Aérea Brasileira. Lá chegando, com proteção policial, houve o deslocamento até o local da visita, feito com o embaixador [brasileiro] seguindo em carro próprio e a delegação em um micro-ônibus. No caminho, militantes tentaram agredir o ônibus, mas a proteção policial funcionou para impedir qualquer desdobramento de natureza mais grave”, informou Cunha ao Plenário.

“É claro que o episódio provoca uma tensão, e a delegação decidiu retornar ao aeroporto e ao Brasil, com proteção policial aumentada. Essa é a versão do ministro”, completou o presidente da Câmara, que cobrou uma posição oficial do governo brasileiro sobre o episódio e a garantia da integridade da comitiva de senadores brasileiros em visita à Venezuela.

Sobre o Autor

admin

admin