QG Notícias

Sacolinhas ambientais em ação

 Extra!
abril 08
18:16 2015

Não há mais sacolinha de plástico nos supermercados de São Paulo, que agora vendem as novas embalagens em duas cores. A medida municipal justificam-se pela ordem ambiental, segundo a prefeitura. As tradicionais sacolinhas de plástico não são biodegradáveis, e agora a prefeitura entra com dois modelos dentro das exigências ambientais.

Já está bem divulgado, mas não custa lembrar que a sacolinha verde é para lixo reciclável, e a cinza é para o orgânico. Ao contrário das de plástico, as novas sacolinhas não derivam do petróleo. Na dúvida, o consumidor tem informações detalhadas nas embalagens.

As embalagens são vendidas, mas há mercados que dispõe de caixas de papelão, caso o consumidor queira, sendo que a sacolinha sai de 8 a 10 centavos a unidade – atenção porque Mambo e Záffari estão disponibilizando na faixa, sem custo.

Tem multa para o estabelecimento que insistir na sacolinha antiga, e o prejuízo vai de R$500 a R$2 milhões, conforme o impacto. Mas o cidadão também entra na penalização se não se enquadrar, com multa prevista de 50 a 500 reais. (Márcio Silvio)

Sobre o Autor

admin

admin