QG Notícias

Leandro Compri quebra zica de quatro derrotas e finaliza Mamute

 Extra!
abril 13
02:04 2015

Ontem foi sabadão de porrada em alta potência no Thunder Fight, 3ª edição realizada em octógono montado na Universidade São Judas, na Moóca. A luta principal colocava cinturão dos meio-médios em jogo, sendo a primeira disputa de título do novato Thunder Fight.

E quem levou o cinturão foi Thiago Fernandes, o Gameth, vitória por pontos sobre Edvaldo de Oliveira, o Pará. No entanto, teve lutador da G13 de Osasco em cena.

Vindo de uma série de quatro derrotas, o peso pena da Team Charles Duende dessa vez espantou a zica e mandou ver sobre Washington Rodrigues, o Mamute, lutador da Guarulhos Fight Team.

Foi o 8º combate do Thunder Fight e Leandro Compri, que tem o jiu-jítsu como técnica-base, partiu logo marcando território, dificultando as defesas do guarulhense.

Estudou bem o adversário no 1º round, durante o rola sacou as falhas de guarda do Mamute e, antes do final do 2º round, Leandro Compri dá aquela grampeada pra matar a parada.

Mas se alguém pensa que Mamute foi uma baba, não foi. Ele é arisco, um cara que manja de chão, tentou finalizar o Leandro pelo calcanhar, literalmente pegando no pé do osasquense, que teve que girar feito crocodilo pra evitar o pior.

Em resposta, Leandro Compri mochilou o cara, mas Mamute é tão casca grossa que resistiu a pressão, mesmo com Leandro desferindo socos sobre socos.

Mas o fera da G13 teve calma, foi inteligente e soube trabalhar bem no abafa. E quando todo mundo apostava no 3º round, aos 2min42 do 2º, eis Leandro Compri ajustando uma guilhotina fatal.

Por mais rapadura que seja Mamute, não deu pra ele, que bateu de boa. Leandro Compri comemorou muito, afinal, só ele sentia na pele o peso de quatro derrotas seguidas, resultados que o colocavam em xeque no MMA.

Festejado pelo mestre Charles Duende, o motivado Leandro Compri conta agora 5 vitórias e 4 derrotas como profissional. O fera da G13 mora em Ubatuba, tem academia e manda bem dando aulas, mas os treinos profissionais são com o mestre Duende em Osasco.

Quando deixou as lutas amadoras, Leandro Compri estreou em agosto de 2012 com vitória sobre Thiago Marques no Pro Figtht, vitória por submissão.

Na sequência foram três vitórias, todas por submissão. Mas o reinado de pódio vencedor pra Leandro Compri terminaria em novembro de 2013, derrota pra Fabio Lima no Max Sport, que venceu aplicando um triângulo.

Perderia mais três combates, sendo que o último foi mesmo um castigo, final de 2014 e derrota por nocaute técnico pra Marcelo Matias, e no Thunder Fight 2. Ontem, portanto, Leandro Cumpri retornou ao TF e foi em busca da reabilitação, conseguindo vitória em alta definição. (Márcio Silvio)

Leandro é o segundo da esquerda, entre os mestres Charles Duente e Allyson Soneca.

Leandro (boné) entre os mestres Charles Duente e Allyson Soneca.

Parte do time durão da G13 de Osasco.

Parte do time durão da G13 de Osasco.

12. Leandro Compri 2

Sobre o Autor

admin

admin